CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

Cronicas/poesias/reflexões

domingo, 24 de julho de 2016

ISENTA


Eu vi a lua brilhando no céu
a criança dormindo no berço
vi o beijo do moço na moça
enquanto rezava o terço.

Eu vi paz na estrela que brilha
e senti o perfume da flor
ouvi vozes de anjos cantando
enquanto exalavam amor.

Quisera viver como sombra
Sem forma,tamanho e cor
no lado oculto da lua
Isenta de morrer por amor.

                                       
                                                                     Taquaritinga / Maat / 2016