CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

Cronicas/poesias/reflexões

terça-feira, 22 de setembro de 2015

LIBIDO DA LUA

A lua transparente e tenue,quase não aparece no céu

O brilho pálido e fraco,lembra aquarela em papel.

Talvez pela hora do dia, ou pelas condições lá do céu
fato é que a lua está débil,parece encoberta com véu.

A lua e minha alma estão frágeis,carentes de brilho e de amor


Queremos promessas cumpridas : libido e amor sem pudor.

        
                                                            PenhaBosell*i
                                                                                                 MAAT / 2015