CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

Cronicas/poesias/reflexões

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

MELANCOLIA

O passarinho piou,a pomba rola gemeu e o gato miou.
a macacada fugiu,pica pau foi embora e o cachorro uivou

O tucano chegou,bateu as asas enormes,e depois voou.
Agora,silencio...a coruja piando,no buraco do tronco,não quer se mostrar.
O sapo do brejo,gordo e pesado,mal consegue pular.

Eu acuada,sem rumo e sem luz,tateando no escuro.
Buscando na mata,uma trilha,um atalho,que contorne esse muro.

O vagalume indeciso,cintila no escuro mas não consegue voar
Nem a estrela vagando no céu sabe o caminho
desorientada,perdida e ofuscada,não consegue brilhar

A mata em silencio,escuta urutao em melancolia
que triste lamento
que angustia no peito
que triste poesia




                                                                       PenhaBoselli* MAAT /2014