CONEXÃO SEM LIMITES

http://www.penhacronicasboselli.com/

Publicado por Cronicas/poesias/reflexões em Sexta-feira, 1 de março de 2019

Cronicas/poesias/reflexões

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

MADRUGADA


Quando acordo de madrugada

rezo, medito e penso
nas coisas que deixei de fazer
e nos momentos da vida,os mais tensos.

 

Escuto o piar da coruja
e o sombrio morcego no escuro
me encolho na cama sozinha
não quero pensar no futuro.

Hó !…madrugada longa…
que amplia minha solidão


leva embora o medo da morte
e da vida vivida sem emoção

 

                                       Triste constatação !

                                           Maat* / 2016